Conjunção Júpiter Netuno em Peixes! A grande tônica de 2022! Entenda melhor

 

Estamos tendo o início de um novo ciclo muito importante neste momento, quer nós estejamos percebendo-o ou não! E este novo ciclo nos impacta a todos coletivamente, com a conjunção exata entre Júpiter e Netuno aos 23 graus de Peixes, em 12/04/22! A última vez que estes 02 planetas se encontraram foi há 13 anos atrás ( mas em outro signo, em Aquário ) e também considerando-se que somente voltarão a se encontrar novamente em Peixes em 2188, quando nenhum de nós estará aqui para testemunhar este encontro, só por aí podemos entender a magnitude deste ciclo entre estes dois planetas, e tal acontecimento cósmico e histórico está se dando agora e ao longo de 2022!

Os ciclos na astrologia mundial são eventos de grande magnitude celeste e estas grandes conjunções, como assim são chamadas, reverberam na terra através de eventos também de grande magnitude, portanto estamos sob o impacto de um novo ciclo que durará 166 anos!

Interessante notarmos que tanto Netuno como Júpiter são regente e co-regente de Peixes, respectivamente, e o fato de ambos encontrarem-se em seu signo de regência, nos traz conotações positivas com certeza, mas também poderão haver alguns desafios.

Ambos os planetas representam o lado transcendente e abstrato da existência, onde nos conectamos com esferas intangíveis e não materiais. É através destes 02 planetas que podemos sair dessa esfera materialista da vida, nos conectarmos com algo superior ou alguma divindade, seja qual for a que queiramos adotar, que nos possibilite acessar algo maior do que nós, uma força criadora, mesmo que muitas vezes nem saibamos explicar.

Através destes dois planetas podemos acessar uma orientação mais ligada ao SELF e não ao EGO, como dizia Jung, pois a orientação egóica quer determinar e controlar as situações e submeter tudo à vontade pessoal, mas nesta outra conexão nos permitimos entender os ciclos e fluxos muito maiores que nós e passamos a ter uma humildade e aceitação em seguir este fluxo.
Além disso, é através de Netuno e Júpiter na Astrologia que podemos acessar as qualidades de empatia, compaixão, generosidade e cuidado com o próximo, uma entrega desprendida e uma possibilidade de ação altruísta e que seja para o benefício coletivo. Netuno nos leva a sonhar, a romancear, a idealizar.

Será também um novo ciclo ligado a cinema e música, quando haverão novas tendências nessas áreas e um  aumento de patrocínios em obras culturais e intelectuais; a arte e a cultura sendo mais valorizadas, nos possibilitando o sonhar.

Socialismo e assistencialismo às classes menos favorecidas tendem a ser alvo de atenção e investimentos também. 

A área médica também será muito favorecida com esta conjunção, com o incremento de descobertas que contribuam para a saúde da população, como por exemplo a descoberta de novas vacinas, ou o barateamento dos preços dos remédios. Já no que diz respeito à pandemia, esta tendência poderá se expressar do lado positivo no que se refere à globalização e partilha justa de medicamentos e vacinas, pois a consciência de que estamos todos no mesmo barco será cada vez mais forte e de que nada adiantará um país rico ter vacinas se um país pobre não as tiver.

Poderemos ter também uma busca maior de misticismo, espiritualidade, religiosidade sob formas de encontros coletivos, retiros junto à natureza, busca de significados superiores e filosóficos como também um incremento de viagens internacionais e marítimas. Discussões sobre drogas legais e ilegais ou sobre a liberação da maconha medicinal, por exemplo, poderão estar mais presentes.

Pelas leis do sincretismo em que os significados arquetípicos se fundem, Netuno corresponde a Poseidon da Mitologia Grega, o deus dos mares e oceanos, e Júpiter ao deus dos céus. Eram irmãos, filhos de Cronos. Zeus escapou de ser engolido pelo pai, o fez regurgitar e assim pôde salvar os irmãos. Dividiram os reinos e cada um respeitou o território do outro. Portanto, este trânsito nos fala de fraternidade, de igualdade, de respeito mútuo e não à toa neste momento está em voga o termo “sororidade”, nos lembrando da importância do respeito e solidariedade entre as mulheres. Um conceito que surge neste momento e que veio para ficar.

Se estes dois arquétipos por um lado nos acrescentam estes significados existenciais maiores e que nos abrem para novas possibilidades de realidade de forma positiva, por outro lado também podem trazer exageros de toda ordem e uma falta de senso de realidade e de “pé no chão”. Ambos também não querem saber de restrições ou de serem limitados e buscam muita expansão, a do tipo “o céu é o limite”.

Os gregos da Antiguidade empregavam o termo hubris ou hybris para designar “tudo o que passa da medida, descomedimento”, o que com frequência terminaria em punição. Se há um perigo neste ciclo de Júpiter com Netuno em Peixes, seria exatamente este, o pecado da hubris ou hybris, o da falta de limites.

Do lado mais desafiador, portanto, poderá haver um otimismo exagerado, fantasias e utopias. Cuidado com excessos de idealizações de toda ordem, crenças em salvadores, milagres ou soluções imediatistas e mágicas dos problemas. Esta grande conjunção está chegando num momento em que o mundo está sedento por ouvir notícias boas, como a eliminação definitiva do Covid e de outros problemas graves, e assim, poderá haver uma tendência em se querer acreditar em qualquer fake news que seja, para trazer esse desejo libertador. 

Mais do que nunca, teremos que enfrentar as fake news, assim como também nos mostra o mapa de ingresso do equinócio ( veja o post  anterior).

Possíveis desastres naturais envolvendo água, inundações, tsunamis ou ainda a crise hídrica mundial poderá ganhar destaque. 

E o que fazer a nível individual?

Que possamos aproveitar este trânsito para fortalecermos nossa busca transcendental, tendo fé e acreditando num poder superior que poderá trazer maior compaixão e empatia para a humanidade! Esta empatia poderá nos mover a querer atuar a nível coletivo, ajudando os necessitados neste momento mundial tão difícil. Que possamos nos conectar com o lado da generosidade, da dedicação para com o próximo, da compassividade, da entrega e que possa trazer benefícios ao coletivo. Por outro lado, que saibamos não nos deixar levar por comportamentos de escapismo, de negação da realidade, de enganos e fraudes e de confusões em qualquer nível, e principalmente, da necessidade de precisar acreditar em qualquer notícia que nos traga alívio!

Que saibamos ter o discernimento correto para separar o que seja real do ilusório! Um ótimo novo ciclo para você!

#sororidade #fraternidade #júpiter #netuno #conjunçãojupiternetunoempeixes #ciclo #irmandade #vacinas #espiritualidade #compaixão #self #jung

Conjunção Júpiter Netuno em Peixes! A grande tônica de 2022! Entenda melhor
Tagged on: